sexta-feira, 28 de abril de 2017

Dieta de Emojis


Como se não bastasse a moda das conversas pelo WhatsApp usando emojis, Kelsey Rexroat, do The Atlantic, resolveu montar uma dieta de uma semana contendo apenas alimentos do aplicativo de símbolos.
Ao checar a lista de alimentos disponíveis, Kelsey percebeu não ter muitas opções de alimentos, o que tornou um desafio na montagem dos cardápios.
Entre suas percepções, Rexroat constatou que não há emojis de sanduíches e que há muitos pedidos por emojis de hotdog ou de tacos.
Antes de começar a sua dieta do emoji, Kelsey estabeleceu algumas regras básicas: por sete dias, ela apenas ia comer coisas representadas por emojis e,ao final dos sete dias, ela ia ter comido todos os emojis de alimento.
Segundo a "inventora", a dieta de emojis não é bem para quem quer perder peso, já que, dos 59 emojis com comida, 11 são sobremesas.  Ela constatou também que o arroz parece ser o ingrediente favorito de quem inventa esses símbolos, já que está presente em 59 alimento. Outra observação é que há muito álcool nos emojis, como cerveja, vinho, martini e saquê.
O mais interessante, segundo Kelsey, foi variar do que ela estava acostumada, já que ela teve que quebrar a cabeça para fazer sua alimentação diária baseada em emojis e acabou conhecendo novas refeições e restaurantes.
Veja como ficou sua dieta semanal e compare com as imagens.
Dia 01
Café da manhã: café (bebida quente), banana, morango, leite.
Almoço: prato de vegetais, cereja, pirulito
Jantar: Espaguete e vinho tinto
Dia 02
Café da manhã: chá verde com mel, maçã
Almoço: batata doce com berinjela e tomate, barra de chocolate
Jantar: Oden (cozido japonês), bolinho de peixe, saquê
Dia 03
Café da manhã: café, donut, uvas
Almoço: arroz, maça verde, cookie
Jantar: hamburguer, fritas e drinque tropical
Dia 04
Café da manhã: chá verde com limão, pêssego
Almoço: arroz com curry, melancia
Jantar: pizza, cerveja
Dia 05
Café da manhã: café, salada de frutas de melancia, melão e abacaxi
Almoço: camarão frito, tangerina e sorvete
Jantar: sushi, arroz
Dia 06
Café da manhã: chá verde, ovo frito
Almoço: comida japonesa (porção com arroz, peixe e vegetais), dango (bolinho japonês), bolacha (ou biscoito…) de arroz
Jantar: Lamem, pudim, bolo e sorvete
Dia 07
Café da manhã: café, banana
Almoço: sobra do Lamen, pêra, doce
Jantar: Costela, frango, espiga de milho, pão, bolo de aniversário e martini

Mais um golpe no consumidor ?

Adquiri um plano de internet NET Virtua, do qual ainda constam TV e Telefone. Ao precisar utilizar as portas de conexão entrantes HTTP (80), FTP (21) e HTTPS (443) para efetuar testes em um software, tive a infeliz surpresa de descobrir que tais portas são bloqueadas pela NET no plano residencial, sendo liberadas somente nos planos empresariais. Em momento algum me foi informado pela NET de que o plano contratado possuía tal restrição. Um plano de internet deve, a princípio, ser fornecido sem restrições em relação a navegação, caso contrário está infringindo o princípio da neutralidade definido no MARCO CIVIL DA INTERNET (Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014) em seu Art. 9º, § 3º: "Na provisão de conexão à internet, onerosa ou gratuita, bem como na transmissão, comutação ou roteamento, é vedado bloquear, monitorar, filtrar ou analisar o conteúdo dos pacotes de dados, respeitado o disposto neste artigo".
Descobri ainda que outras portas como  21, 25, 53, 80, 110, 135, 136, 137, 138, 139, 443, 445, 587 e 434, também estão fechadas, além de outras que necessito para utilizar o sistema de vigilância monitorado por câmeras (CFTV).
 Estou publicando esta matéria para alertar aos possíveis novos clientes da NET, no sentido de se informarem detalhadamente antes de adquirir qualquer plano desta empresa, uma vez que pelo que estou vendo se trata de mais uma maneira de prejudicar o consumidor.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Os visitantes do Parque Nacional do Caparaó, localizado na divisa dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, devem apresentar documento oficial que comprove a vacinação contra a febre amarela para entrar no local, conforme portaria publicada nessa quarta-feira (1) no “Diário Oficial da União”. A medida será válida durante o surto da doença.Imagem relacionada

O parque havia sido fechado para visitação no dia 2 de fevereiro, como medida preventiva contra a febre amarela, visto que macacos – sobretudo da espécie guariba, ameaçada de extinção – foram encontrados mortos no interior e no entorno da unidade de conservação.

Quem quiser visitar o parque deve levar cartão de vacinação atualizado, que indique o recebimento de duas doses de vacina ao longo da vida ou da primeira dose, desde que aplicada nos últimos dez anos, além de documento oficial com foto. Nos fins de semana, a verificação das informações do documento será feita por profissionais da saúde nas portarias do parque, nos municípios de Alto Caparaó, na Zona da Mata mineira, e Pedra Menina, no Espírito Santo. Durante os dias da semana, antes de irem ao parque, os visitantes precisam comparecer a um posto de saúde de uma das duas cidades para receber o comprovante de autorização de acesso à unidade.

Recomendação. O ICMBio ressalta que os turistas devem se preocupar também com o uso de repelentes. Além disso, alerta que os macacos, assim como os seres humanos, não transmitem o vírus da febre amarela – pelo contrário, os animais cumprem a função de “sentinela” ao alertarem para a ocorrência e a dispersão da doença.
O parque permanece aberto para visitação das 7h às 12h e das 13h às 18h. Já os postos de saúde de Alto Caparaó e Pedra Menina (ES) funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
O Parque Nacional do Caparaó abrange quatro municípios mineiros – Alto Caparaó, Alto Jequitibá, Caparaó e Espera Feliz – e seis capixabas – Iúna, Ibitirama, Irupi, Dores do Rio Preto, Divino de São Lourenço Guaçuí e Alegre.

Vacinação. Dois postos extras de vacinação de febre amarela estão funcionando em Belo Horizonte, um no Centro de Saúde Betânia, na região Oeste, e outro no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador Barreiro. Outra unidade deve ser aberta na região de Venda Nova, ainda sem data definida. Cerca de 429 mil pessoas foram imunizadas na cidade neste ano.

Reservas da capital seguem fechadas

O parque e o mirante das Mangabeiras e o Parque da Serra do Curral, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, interditados no último dia 23, continuam fechados para a visitação por causa da febre amarela. O parque Jacques Cousteau, na região Oeste da capital, também permanece interditado, desde o dia 13 de fevereiro.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a interdição das unidades foi recomendada após a localização de três macacos mortos, sendo dois no Parque das Mangabeiras e um no Jacques Cousteau. Até o momento, 11 primatas foram encontrados sem vida na capital, mas somente um, achado no bairro Copacabana, em Venda Nova, ter confirmação de febre amarela. Os demais casos seguem em investigação.

Em BH não há registros de febre amarela em humanos. Cinco moradores da cidade foram internados com suspeita da doença, mas todos relataram viagens a municípios do interior com casos confirmados ou em investigação. Os pacientes já receberam alta.

Contribuintes já podem entregar declaração do Imposto de Renda 2017


Resultado de imagem para leão
Começa nesta quinta-feira (2) o prazo para os contribuintes entregarem a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2017, relativa ao ano-calendário 2016. A entrega das declarações pela internet vai até as 23h59 do dia 28 de abril.
O programa gerador da declaração está disponível no site da Receita Federal para download. A declaração do imposto de renda é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano passado.
Precisa ainda declarar o IRPF quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; quem obteve, em qualquer mês de 2016, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência de imposto ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias e de futuros.
Quando se trata de atividade rural, é obrigado a declarar o contribuinte com renda bruta superior a R$ 142.798,50; o que pretenda compensar prejuízos do ano-calendário 2016 ou posteriores; ou que teve, em 31 de dezembro do ano passado, a posse ou propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, cujo valor total seja superior a R$ 300 mil.
A Receita Federal pagará a restituição do IRPF em sete lotes, entre junho e dezembro deste ano. O primeiro lote será pago em 16 de junho, o segundo em 17 de julho e o terceiro em 15 de agosto. O quarto, quinto e sexto lotes serão pagos, respectivamente, em 15 de setembro, 16 de outubro e 16 de novembro. O sétimo e último lote está previsto para ser pago em dezembro.
Ao fazer a declaração, o contribuinte deve indicar a agência e a conta bancária na qual deseja receber a restituição. Idosos, pessoas com deficiência física, mental ou doença grave têm prioridade para receber a restituição.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Acompanhe pelo Whatsapp a cobertura do carnaval de BH 2017


O jornal O TEMPO irá distribuir durante os dias de carnava pilulas pelo Whatsapp com roteiro dos melhores blocos do dia, link para galeria de imagens marcantes e informações importantes

whatsapp_número
PUBLICADO EM 21/02/17 - 15h10
Além da cobertura completa no  Portal e nas Redes Sociais, O TEMPO abrirá também um canal de informações via Whatsapp com envio de roteiros, galerias de imagens marcantes e informações importantes sobre a folia. Comodidade e informação ao seu alcance!
Para participar você vai precisa de:
1) Salvar o número (31) 99951-2331 na sua agenda
2) Enviar uma mensagem com a frase "Carnaval em BH" para o número
Não precisa ficar ansioso, você não receberá uma mensagem de confirmação após enviar a mensagem, mas seu número será cadastrado.
Durante os dias de Carnaval você receberá pilulas em seu Whatsapp com roteiro dos melhores blocos do dia, link para galeria de imagens marcantes e informações importantes. Mas não se preocupe, não somos chatos e não vamos te encher de mensagens durante a folia.

Você pode se descadastrar enviando a palavra "sair" para o mesmo número.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Concessionária testa novos radares no Anel Rodoviário

Equipamentos foram instalados em um trecho de 10 quilômetros. Boato no WhatsApp afirmava que eles já estavam em funcionamento

A concessionária Via 040 começou a testar 10 radares instalados ao longo do Anel Rodoviário de Belo Horizonte.  Ainda não há previsão para que os equipamentos entrem em funcionamento.

Segundo a empresa, em março de 2015, foi concluída a instalação de 20 radares fixos. Dez foram posicionados no trecho de 10 quilômetros do Anel Rodoviário sob concessão, entre a saída para Sete Lagoas/Brasília, perto do Bairro Califórnia, na Região Noroeste de Belo Horizonte, e a saída para Nova Lima/Rio de Janeiro, altura do Bairro Olhos D'Água, na Região Oeste.

Pelo contrato, a Via 040 tem que disponibilizar e dar manutenção permanente nos equipamentos, processando as informações coletadas e encaminhando às autoridades de trânsito. A fiscalização, autuação dos condutores e arrecadação pelas penalidades são de responsabilidades da polícia.

Os radares descobertos chamaram a atenção dos motoristas que passam pelo local. Há alguns dias, uma mensagem se espalhou pelo WhatsApp informando que eles já estavam em funcionamento. “Os radares instalados pela Concessionária na BR-040, incluindo os 10 do Anel Rodoviário, estão passando pela etapa de configuração dos sistemas. Vencida essa fase, os equipamentos passarão, em seguida, por testes nos lotes de imagens geradas”, explica a Via 040, por meio de nota. “Tão logo os radares estejam aptos à fiscalização pelas autoridades policiais, a Concessionária fará ampla divulgação aos usuários, com 10 dias de antecedência à data oficial do início da operação dos equipamentos”, explica.

Empresa londrina oferece serviço de faxineiras naturistas

Contratante também pode ficar nu, mas prática de sexo é proibida; a hora dos serviços sai ao equivalente a R$ 252

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Empresa oferece trabalho de profissionais naturalistas
Empresa oferece trabalho de profissionais naturalistas
Uma empresa que oferece serviços de faxina em Londres está dando o que falar. Isso porque a Naturalist Cleaners oferece faxineiras naturalistas. As profissionais fazem todo o serviço de limpeza de ambientes completamente nuas.
Segundo o "Daily Star", os clientes podem assistir à faxina das profissionais nuas e também podem ficar sem roupa dentro de suas casas. O que não é permitido é a prática de sexo. Fotos e vídeos das trabalhadoras também são expressamente proibidas.
A hora de trabalho das profissionais naturalistas custa o equivalente a R$ 252 e cada hora extra sai por mais R$ 213.
A companhia está se expandindo e já chegou a Manchester.